piticorace@gmail.com    

  • banner27.jpg
  • banner28.jpg
  • banner26.jpg
  • banner25.jpg
 
 

Muito trabalho, quedas e superação marcaram a PRT na etapa de Interlagos 

A 5ª etapa do Moto 1000 GP, em Interlagos (SP), foi repleta  de emoção adrenalina e muito trabalho para Danilo Lewis, Alan Douglas e para toda a PRT. Não bastasse o alto nível da competição, imprevistos atravessaram o caminho dos pilotos da equipe.
 
Alan Douglas sofreu uma queda no início da corrida. A pista estava molhada e a moto acabou patinando e jogando o piloto para o alto. No acidente, fraturou a   clavícula e, agora, vai ter que correr contra o tempo para conseguir     participar da próxima etapa.
 
Danilo Lewis também teve uma queda nos treinos classificatórios mas, diferente de Alan, não sofreu nenhuma contusão mais grave. Entretanto, a moto do piloto ficou bastante prejudicada, o que poderia ter tirado a chance de Lewis correr no dia seguinte, não fosse o excelente trabalho da PRT, que trabalhou até a madrugada para colocar as duas rodas do piloto em condições de uso.
 
Por não ter participado dos treinos, Danilo Lewis teve que largar na última colocação mas, após excelente largada, fechou a primeira volta em 5º lugar. A batalha do piloto foi ainda maior em função da troca da suspensão e de outros componentes da moto, o que necessitaria de um tempo maior de testes para que todos os ajustes fossem realizados.
 
No fim, mesmo com tantos contratempos, o piloto fechou a prova como o quinto melhor piloto do GP 1000.
 
O próximo desafio da PRT e de seus pilotos no Moto 1000 GP será no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul (RS). A prova, que ocorrerá no dia 20 de outubro, será a antepenúltima da temporada.

 

Voltar

 

Visitas: 219122

piticorace@gmail.com    

© Copyright 2021 - PITICO RACE TEAM - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já