piticorace@gmail.com    

  • banner25.jpg
  • banner27.jpg
  • banner26.jpg
  • banner28.jpg
 
 

TON KAWAKAMI CONCORRE A VAGA PARA SELETIVA DA ROOKIES CUP 

 A sexta e antepenúltima etapa da temporada de 2015 do Moto 1000 GP, neste domingo (27) em Goiânia, será especialmente importante para os pilotos da categoria de formação GPR 250. Além de definir os rumos da disputa pelo título, o GP Goiânia vai definir o piloto indicado pelo Campeonato Brasileiro de Motovelocidade para participar de uma das seletivas internacionais deste ano no programa Red Bull MotoGP Rookies Cup.

Este é o segundo ano consecutivo que o programa desenvolvido desde 2007 pela Red Bull contempla a série de formação de pilotos do Moto 1000 GP com uma das vagas. A seletiva nacional é baseada numa classificação paralela do campeonato, que contempla apenas os participantes que atendem todas as regras – idade mínima e máxima, por exemplo. O regulamento de 2015 indicou a etapa goiana como última para apontar o classificado.

A parceria celebrada com a Red Bull assegura ao piloto indicado pelo Moto 1000 GP a partir do resultado de sua fase seletiva o custeio de viagem e hospedagem, com direito a um acompanhante, para a cidade europeia onde será disputada a seletiva em outubro. Esta sede ainda não foi revelada pelos organizadores, para não haver qualquer grau de favorecimento aos inscritos que possam realizar treinos prévios no autódromo escolhido.

Em 2014, primeiro ano da parceria entre a Red Bull e o Moto 1000 GP, o piloto classificado no Brasil foi Meikon Kawakami. Sua participação na seletiva aconteceu na Espanha e levou-o a participar, na atual temporada, do Moriwaki 250 Junior Cup, competição que concilia com o Brasileiro de Motovelocidade. Lucas Torres, também egresso da GPR 250 brasileira, disputou o Rookies Cup por meios próprios e neste ano participa do Espanhol de Velocidade.

“Um dos principais objetivos do Moto 1000 GP é proporcionar aos pilotos o máximo de conhecimento do mercado internacional da motovelocidade”, diz o promotor do Campeonato Brasileiro, Gilson Scudeler. “É importantíssimo que cada vez mais pilotos daqui possam se ambientar e se adaptar à pilotagem em campeonatos lá fora, e alguns deles têm essa chance a partir da ação da Red Bull para revelar e formar novos talentos para as pistas”, ele considera.

Dois pilotos da GPR 250 chegam a Goiânia com chance de conquista da vaga que o Red Bull MotoGP Rookies Cup reserva ao Moto 1000 GP. O líder da classificação específica da seletiva é Ton Kawakami, irmão de Meikon, que venceu duas corridas nesta temporada. Piloto da Playstation-PRT, ele tem 98 pontos, seis a mais que Brian David, do Team Estrella Galicia, que ganhou três vezes. A etapa terá, no total, 27 pontos em disputa.

Kawakami e David comandam, também, a classificação do Brasileiro de Motovelocidade, com os mesmos 98 e 92 pontos. José Duarte, Guilherme Brito e Diogo Moreira, também pilotos do Team Estrella Galicia, vêm a seguir, com 68, 62 e 47 pontos – Rafael Traldi, que defende a Motonil Motors-PDV Brasil, está empatado com Moreira na quinta posição, embora leve vantagem sobre o adversário por ter um terceiro lugar como melhor resultado no ano.

 

Fonte: Moto1000gp.com.br 

 

Voltar

 

Visitas: 174418

piticorace@gmail.com    

© Copyright 2020 - PITICO RACE TEAM - Desenvolvido pela Agência de Sites Jundiaí e Portal Imóvel Já